Sem dúvida alguma, a tecnologia vem fazendo mudanças interessantes e muito valiosas no nosso dia a dia. Os recursos estão em praticamente todos os setores da sociedade e avançam cada vez mais no campo da saúde. Hoje, podemos contar com diversas inovações, inclusive o drone-ambulância.

Parece filme de ficção científica, mas o drone-ambulância consegue realizar um excelente trabalho ajudando os profissionais de saúde, especialmente médicos socorristas, em situações de emergência.

Vamos agora falar sobre esse equipamento, como ele funciona e como ele está modificando para melhor os cuidados com a saúde.

O que são drones?

Se você ainda não viu um drone, já deve ter ouvido falar. Eles são utilizados nos mais diversos locais, especialmente em festas para a gravação de imagens, conseguindo filmar e tirar fotos das pessoas dos mais diversos ângulos. O aparelho pode ser manobrado por meio de controle, como os brinquedos. Assim, ele se movimenta por meio de comandos, sem a necessidade de contato físico.

Eles conseguem alcançar alturas e locais de fácil acesso e que seriam arriscados para nós. Os drones foram projetados para suportar situações hostis como chuva, neve, vento, entre outros.

O drone-ambulância usa elevada tecnologia. A sua estrutura é fabricada utilizando impressora 3D e também fibras de carbono, um material leve e altamente resistente.

Como funciona o drone-ambulância?

Vamos explicar com um exemplo. Digamos que alguém que estava caminhando na rua com você acaba de sofrer um acidente. A primeira coisa que devemos fazer é chamar a ambulância.

Nesse momento, enquanto você está passando as informações para o atendente, um drone é encaminhado para o local no qual vocês estão. Ele consegue encontrá-los por via de um sistema de GPS e identificar qual celular solicitou a ambulância. Para prosseguir, você deve ir para o lado de fora do ambiente, para que o sinal fique melhor e o drone possa encontrá-lo.

A partir desse ponto, o atendente conversará por meio do drone, dando as instruções necessárias para que os primeiros cuidados sejam realizados. Tudo isso acontece enquanto a ambulância está a caminho. Como o drone consegue ser mais rápido, ele é capaz de transmitir as imagens em tempo real, muito antes da chegada dos médicos.

Isso é possível por causa do webcam instalada no drone. A imagem precisa ser excelente e de alta qualidade para que os profissionais que estão do outro lado da câmera possam orientar pessoas leigas a utilizar o desfibrilador da maneira correta. Normalmente, apenas 20% das pessoas conseguem utilizar uma ferramenta como essa. Elas costumam fazer cursos de primeiros socorros para isso. Com a instrução adequada, essa porcentagem pode subir para 90%, salvando assim diversas vidas.

Ao chegar ao local, o drone se transforma em um objeto compacto e dentro dele é possível encontrar alguns instrumentos médicos para serem utilizados por qualquer pessoa enquanto a ajuda profissional não chega.

Assim, o uso do drone-ambulância consegue aumentar as chances de sobrevivência de 8% para 80% em casos de emergência.

Quais os benefícios que esse equipamento oferece?

Maior rapidez

Quando estamos falando de uma situação de emergência em saúde como numa parada cardiorrespiratória, cada segundo faz a diferença. Por isso, os drones são uma excelente escolha.

Eles conseguem voar em uma velocidade média de 100 km/h e não precisam se preocupar com o trânsito ou mesmo com o trajeto das vias. Eles simplesmente seguem em linha reta até o local e ajudam nos primeiros socorros. O tempo de resposta do atendimento da ambulância cai de 10 minutos para apenas 1 minuto.

Lembrando que a morte cerebral começa em apenas 4 minutos, portanto, a presença do drone é essencial para a saúde dessas pessoas em momento crítico.

Cuidados emergenciais

A diferença entre viver e morrer pode estar apenas em poucos segundos quando se trata de uma situação de emergência. Assim, os primeiros cuidados no caso de uma parada cardíaca, por exemplo, são essenciais para a sobrevivência do indivíduo.

Pensando nisso, o drone-ambulância funciona como uma caixa de ferramentas na qual é possível encontrar alguns instrumentos essenciais para esse momento: desfibrilador externo automático, ressuscitação cardiopulmonar e também medicamentos. O equipamento consegue carregar até 4 quilos de instrumentos médicos.

Supera as condições ambientais

Além do trânsito, problemas ambientais como chuva e neve podem fazer com que o socorro médico por meio da ambulância demore ainda mais para chegar. Com o drone, não há essa preocupação.

Por ser feito de um material bastante resistente e com o objetivo de suportar as intempéries do tempo, o drone-ambulância consegue chegar ao local em apenas 1 minuto, independente, das condições climáticas presentes.

Custo-benefício

Algumas pessoas podem achar o preço do drone-ambulância um tanto salgado. Cada aparelho custa US$ 19 mil, mas se você pensar que um único drone pode salvar a vida de diversas pessoas, ele apresenta um excelente custo benefício. A manutenção do aparelho custa apenas 15 mil euros por ano. É muito menos do que o sistema de saúde gasta para tratar esses pacientes.

Só aqui no Brasil, no final de 2017, os gastos do governo com a saúde chegaram quase a R$ 550 bilhões. Portanto, a presença de um aparelho como esse, além de salvar vidas, pode reduzir os gastos com tratamento e melhorar o fornecimento de serviços mais especializados.

Como esse projeto foi criado?

O holandês Alec Momont, estudante da Delft University of Technology, foi o responsável por pensar em como utilizar os drones para ajudar a salvar vidas. As estatísticas de paradas cardíacas nos Estados Unidos são alarmantes: mais de 800 mil pessoas apresentam um ataque cardíaco por ano e apenas 8% sobrevivem. Com o drone voando em uma velocidade de 12 km/h, o tempo de resposta aumenta em 10 vezes.

Os drones ficam espalhados em diversos pontos da cidade, assim, o aparelho mais próximo ao local consegue chegar com maior rapidez. Enquanto isso, ele é comandado por uma única central que possui mais de 110 colaboradores.

De fato, a tecnologia na área da saúde vai além das inovações em tratamentos e medicamentos em laboratórios. Ela pode ajudar a salvar vidas das mais diversas formas.

Diversas são as tendências na área de saúde nas quais a tecnologia é a base de tudo. Veja quais são as novidades para o Brasil nas tendências de saúde!

Vertical Saúde ACATE

Author Vertical Saúde ACATE

More posts by Vertical Saúde ACATE

Leave a Reply

Cadastre sua demanda:
""
1
Qual seu desafio?
0 /
Seu nome
Empresa
Área de atuação
Previous
Next
Tenha acesso a uma seleção de projetos qualificados, contribuindo com a sociedade e participando do ecossistema de inovação que mais cresce no Brasil .   
""
1
Seu nome
URL Linkedin
Previous
Next
X